Equipe de Comunicação

JMV Brasil realizou Assembleia Nacional

Entre os dias 26 e 29 de maio, a capital mineira de Belo Horizonte sediou a VII Assembleia Nacional da Juventude Mariana Vicentina acolhendo participantes de várias regiões do Brasil. 

O encontro aconteceu no Instituto São Vicente de Paulo e contou com a presença de delegados das províncias de Amazônia, Belo Horizonte, Fortaleza, Curitiba, Recife e Rio de janeiro. Junto aos delegados, instituições membros da “Família Vicentina” como os Missionários Seculares Vicentinos, a Associação da Medalha Milagrosa, a Sociedade São Vicente de Paulo, a Congregação dos Fráteres de Nossa Senhora Mãe da Misericórdia, a Companhia das Filhas da Caridade e a Congregação da Missão participaram e assessoram o encontro. 

Sob o tema “Felizes os misericordiosos”, abordado pelo Fráter Henrique Cristiano José Matos, os jovens debateram questões e partilharam experiências de suas províncias durante todo o encontro. Outros temas também conduziram os painéis de discussão, como “Somos discípulos de uma Igreja Missionaria” palestrado pela Maria Geralda Ferreira e “Liderança Juvenil” conduzido por Bruno Mattos de Miranda.

A VII Assembleia Nacional elegeu o novo conselho nacional da JMV Brasil para os próximos quatro anos, composto por membros das seis províncias. São eles: Presidente - Silvana Nascimento (Província do Rio de Janeiro); Vice-presidente - Catarina Érika Morais (Província de Fortaleza); Secretário - Rodrigo Milton (Província de Belo Horizonte); Vice-secretário - Alef Pierri (Província de Recife); Tesoureiro - Luiz Andretta (Província de Curitiba); e Vice-tesoureira - Jéssica Santos (Província de Amazônia).

Os participantes da Assembleia traçaram metas para os próximos quatro anos por meio de debates de postulados e linhas de ações da Assembleia Internacional da Juventude Mariana Vicentina realizada na cidade de Salamanca, na Espanha, em julho de 2015. 

Ao final do encontro, foi anunciado a cidade-sede da próxima Assembleia Nacional que será Curitiba, no estado do Paraná. 
Leia mais
Equipe de Comunicação

O que mudou com o novo Regimento?

Todos sabem – ou deveriam saber - que no último dia 20 de março de 2016 o presidente nacional da Juventude Mariana Vicentina do Brasil, Wagner Marques Cordeiro, aprovou o Regimento Interno da Província de Fortaleza da JMV. 
Este documento é uma regra de vida para a associação e para os seus membros e foi elaborado pelos delegados participantes da XV Assembleia Provincial realizada em novembro de 2015. 
Mas o que na prática mudou? A seguir sintetizamos alguns pontos que julgamos importantes:

- Os tesoureiros dos grupos locais e conselhos regionais devem prestar contas das entradas e saídas, com comprovantes legítimos, durante as visitas do Conselho Provincial.
- Os secretários dos grupos locais e conselhos regionais devem entregar cópias das atas e outros documentos durante as visitas do Conselho Provincial.
- O Regional Maranhão foi suprimido e o grupo de Vila Nova, em São Luis - MA, foi anexado ao Regional Serra.
- Os Conselhos Regionais passam a assumir a coordenação da presença eclesial e civil em nome da associação em comunhão com os grupos locais.
- A contribuição através de Cotas passa a ser em cadeia: o grupo local passa o valor para o Conselho Regional que passa o valor arrecadado ao Conselho Provincial que se obriga a repassar as taxas fixadas ao Conselho Nacional.
- A admissão de um membro poderá acontecer após 3 meses de vivência ativa deste num grupo local. 
- Os membros admitidos devem utilizar a Medalha Milagrosa como recebida na celebração.
- A Consagração Mariana na JMV de um membro poderá acontecer após 2 anos de vivência ativa deste num grupo local.
- Os membros consagrados devem utilizar a Medalha Milagrosa como recebida na celebração.
- Os grupos locais devem promover bimestralmente encontros somente para membros consagrados para estudo.
- Os grupos locais passam a obrigatoriamente possuir um Conselho Local formado por um presidente, vice-presidente, secretário, vice-secretário, tesoureiro e vice-tesoureiro.
- Os grupos locais passam a possuir Equipes de serviço, dependentes dos conselhos locais, criadas de acordo com a realidade de cada grupo local.
- Os grupos locais devem realizar a cada semestre um Retiro para apresentação da JMV para novos membros.

O Regimento Interno está disponível em www.jmvfortaleza.org/p/regimento-interno.html e deve ser amplamente divulgado e estudado. As regras previstas nele devem ser respeitadas pelos membros, grupos locais e conselhos, porque do contrário não poderão ser reconhecidos como parte da associação.
Leia mais
Guilherme Azevedo

Comissões

As Comissões são organismos da Província de Fortaleza da JMV - Juventude Mariana Vicentina - para ajudar no governo da associação nesta porção do Brasil. Surgiram por decisão da XV Assembleia Provincial realizada nos dias 20, 21 e 22 de novembro de 2015 em Fortaleza que ratificou-as no Regimento Interno da Província.
A estrutura é semelhante às das Equipes que existem nos grupos locais. Os membros e um coordenador são nomeados pelo Conselho da Província, que pode criar e extinguir as Comissões a qualquer momento.
Atualmente existem as comissões de Formação e Comunicação.

Leia mais